Dia do Avatar Sathya Sai Baba — 23 de Novembro

RITUAL PARA CAUSAS IMPOSSÍVEIS NAS BENÇÃOS DE SATHYA SAI BABA

DOMINGO — Dia 23/nov/2014 —  9h
com Marina Giglio,  na PAX (1 kg alimento)

com distribuição gratuita de VIBUTI (cinza sagrada materializada por Sathya Sai Baba para Autocura  que trouxemos da Índia). Gratuito. Vídeo da materialização do VIBUTI:

A foto a seguir mostra o local onde está o corpo de Sathya Sai Baba, que desencarnou em 2011, mas o Vibuthi continua vertendo em Seu Ashram.

Om-Bhagawan-Sri-Sathya-Sai-BabaOm Bhagawan Sri Sathya Sai Baba

O grupo da PAX esteve na Índia em outubro de 2014 e trouxe o vibuthi a ser distribuído neste domingo no Ritual da PAX.

“Vibhuti” é uma palavra em sânscrito que indica a “Cinza Sagrada que Sathya Sai Baba materializa”.  “Vibhu” significa ” Senhor” e “Uti”, “Proteção”; assim, Vibhuti significa “Proteção do Senhor para a humanidade”.
Assim como na religião Cristã o simbolo da pureza é representado pela Água Benta, nas religiões orientais, especificamente no Hinduismo, o simbolo da pureza é representado pelo Vibhuti.
Vibhuti é cura… é um Milagre; porém , é indispensável a Fé total e a abertura da Alma, sem dúvidas e sem restrições!!!

COMO USAR O VIBUTHI — A CINZA SAGRADA

Vibuthi pode ser usado de várias formas:

•    COMO TERAPIA DE CURA — Na hora de dormir, coloque uma pitada de Vibuthi em um copo com água, faça seus pedidos, cubra o copo com um guardanapo, e pela manhã, ao acordar, beba em jejum. Faça isso  por 7 dias consecutivos.
•    Passe o Vibuthi no local do corpo que corresponde à enfermidade.
•    Passe o Vibuthi nos 7 Chacras principais para equilíbrio e harmonia.
•    Na índia, é costume molhar o dedo no Vibuthi e passar na testa, no coração e na ponta da língua, simbolizando: “que eu só tenha bons pensamentos (testa), sentimentos puros (coração) e que da minha boca só saiam palavras sábias (ponta da língua)”.
•    Pode-se dar um pouco do Vibuthi para quem estiver necessitando.

OBSERVAÇÕES:
•     Da mesma forma que o Vibuthi é manifestado em inúmeros templos dedicados a Sathya Sai Baba pelo mundo, assim como também se manifestam água e mel, é comum percebermos que o Vibuthi nunca acaba. De alguma forma, ele se multiplica e sempre temos quando se faz necessário.
•    ” Que possam todos os mundos ser Felizes!”  A fé em si mesmo é a base para a fé em Deus ” — Sai Baba

 

QUEM FOI SATHYA SAI BABA (desencarnado na Páscoa de 2011)
por Heloísa Lassálvia

O Mahabarata, Livro Sagrado milenar do Hinduísmo, profetiza que no tempo do “Kaleuga”, quando houver a degradação espiritual e moral, a corrupção política, a opressão sobre as massas, a hegemonia da falsidade e da hipocrisia, encarnará um homem de pele escura no sul da Índia, na forma de Avatar (encarnação de uma deidade), para restabelecer a ordem e a Paz.

Um Avatar se reconhece por 16 características: controle total das cinco funções do corpo, dos cinco sentidos e dos cinco elementos da natureza. Essas qualidades são alcançadas por meio de práticas e de disciplina espiritual. A 16ª característica e a revelação da reencarnação da Divindade. Um Avatar possui a onisciência, a onipresença e a onipotência, podendo materializar e desmaterializar objetos e mover-se na velocidade da luz.

Em 15 de outubro de 1918, ao desencarnar, SAI BABA DE SHIRDI, reconhecido como um Avatar (encarnação de SHIVA) tanto pelo Islamismo como pelo Hinduísmo, proclama que após oito anos voltaria a reencarnar.

Em 23 de novembro de 1926 nasce em Puttaparthi, povoado no sul da Índia e distante de onde era conhecido Baba de Shirdi, o menino SATHYA NARAYANA RAJU. Contam familiares e pessoas da aldeia que, pouco antes do seu nascimento, fenômenos começaram a ocorrer.

Desde a infância, o jovem Sathya era diferente das demais crianças. Ainda que sua família comesse carne, o jovem era vegetariano nato e muito se aborrecia quando matavam algum animal para comê-lo. Extremamente prestativo com os pobres, frequentemente levava-os para comer em casa, pelo que muitas vezes foi repreendido por quebrar a ordem natural da casa com o excesso de pessoas. Seus amiguinhos o chamavam de Guru, pois era comum ele ensinar cantigas devocionais e os fascinava quando tirava de sua mochila, aparentemente vazia, doces e brinquedos.

Quando Sathya tinha 13 anos, ocorreu um incidente: enquanto brincava, deu um grito e pulou segurando o pé. Após 24 horas, perdeu os sentidos. A família temeu que tivesse sido mordido por algum escorpião. Quando enfim despertou, sua conduta tornou-se diferente, alternando momentos de inconsciência e momentos em que cantava, citando trechos de filosofias de várias religiões e poesias em sânscrito, língua estranha naquele povoado. Em outros momentos ficava rígido e descrevia lugares distantes, explicando complicadas doutrinas religiosas. Após muitas andanças da família, procurando a sua cura, Sathya declarou ser SAI BABA, a reencarnação do Santo Maometano (Baba de Shirdi), e para a surpresa dos pais começou a materializar, do nada, doces, flores e frutas para distribuir para a multidão que o cercava.

Aos 14 anos saiu de casa e instalou-se no pomar da casa de um amigo para atender as pessoas que o procuravam. Mais tarde, foi necessário construir um Asharam, onde SATHYA SAI BABA recebia milhares de pessoas diariamente de todo mundo. (A PAX visita o Ashram de Sathya Sai Baba em Puttaparti, na India, desde 1993.)

Sathya manifestava uma grande quantidade de Vibuthi (cinza sagrada para cura), assim como Baba de Shirdi também fazia. A diferença é que Shirdi colhia as cinzas da uma lamparina, cujo fogo nunca apagava, e Sathya a colhia do ar, com a mão em movimentos circulares. Também materializa outros objetos: correntes, medalhões, fotos, pedras preciosas, com os quais presenteia as pessoas dizendo que assim permanece a vibração em sintonia com o Universo.

SATHYA SAI BABA pregava que todas as religiões eram uma só, contanto que o símbolo do seu Asharam (comunidade) e das inúmeras instituições de ensino e hospitalares (todas gratuitas) espalhadas por toda a Índia era representado com os símbolos das cinco maiores religiões do mundo: Islamismo, Budismo, Cristã, Zoroatrismo e Hinduísmo.

SATHYA SAI BABA dizia que, após o seu desencarne, reencarnaria após oito anos como o terceiro Baba, formando assim a trilogia necessária para que a humanidade alcance a condição de Divindade.

Com muito amor, gratidão e devoção a Swami, como Baba é carinhosamente chamado pelos seus devotos, este ritual foi preparado especialmente para aqueles que O reverenciam desejando cura, solução de algum problema considerado insolúvel ou de causa impossível e principalmente a auto transformação. Você também poderá manifestar os seus “milagres” através do Vibuthi e do CD gravado da voz de Baba abençoando, já que, como Avatar que é, Ele é onipresente e está em todos os lugares ao mesmo tempo!
Que seu infinito Poder, Amor e Misericórdia lhe chegue trazendo as mais belas dádivas divinas.

Com todo carinho,
OM SAI RAM
Eu Sou,
Heloísa Lassálvia

RITUAL para Causas Impossíveis para fazer em casa:

Acenda um incenso, de preferência Champa (tem o perfume que exala do corpo de Sai Baba).
Uma forma de conectar-se com a  sua energia é escrevendo-lhe, expressando seus desejos de ajuda, sempre a resposta é recebida, ainda mesmo quando não se envie ou não  se receba uma resposta escrita. Então, em papel de seda escreva uma carta dirigida  a SRI  SATHYASAI BABA e envie-a para:

Prashanti Nilayam
Anantapur District
Andra Pradesh 515134
SOUTH INDIA

Coloque-a sobre uma mesa previamente preparada com incenso. Acenda uma vela, laranja ou amarela. Faça uma oração. Silencie a mente.

Entoe o Mantra OM nove vezes, segurando a carta com as duas mãos na altura do coração.

Agradeça, queime a carta (os resíduos pode jogar-se no lixo), pedindo às salamandras que levem os seus pedidos. Aguarde a resposta, não importa de que forma ela chegará, mas sempre chega.

PALAVRAS DO AVATAR SATHYA SAI BABA

Comecem o dia com Amor, passem o dia com Amor, terminem o dia com Amor. Este é o caminho para Deus.

A felicidade é uma atitude mental, que pode ser cultivada e que não é afetada pela sorte boa ou má.

A fé é a força que precisamos para abrir as portas que nos levam à felicidade, como as formas de Deus são múltiplas,  podemos amá-Lo em qualquer uma delas. Chamem-me então, com o nome que lhes parece mais doce a seus corações e Eu os acudirei, porque Sou todos os Nomes e todas as Formas.

Os milagres não são mais que os efeitos do Meu Conhecimento de leis naturais. Meus maiores milagres são as vidas transformadas daqueles que vêem, muitas vezes em dúvida, e voltam com os corações cheios de Amor e com a resolução de viver uma vida mais elevada, uma vida melhor. Meus milagres são apenas cartões de apresentação. Eu dou as pessoas o que elas querem, para que mais tarde Me dêem o que Eu quero: seu amor a Deus.

Tragam-me todo o mal, as dúvidas, as mágoas, todos os problemas que vocês julgam impossíveis de solução e deixe-os aqui e tomem de mim tudo o que tenho: Amor ! Para cada passo que dêem em Minha direção, Eu darei dez até vocês.

Vocês são agora meu radiante e glorioso Ser. Já não estão separados de Mim, unam-se a Mim, tornem-se Eu!

ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

OM SAI PODEROSO AVATAR
GRANDE DEUS DE AMOR E DEVOÇÃO
GLORIFICARÁS TODA A TERRA
GLORIFICARÀS TODA Á VIDA
COM TUA LUZ E PROTEÇÃO

OM SAI, AMOROSO SENHOR
TUA PRESENÇA È  DOUÇURA
ÉS A ALMA BRILHANTE NO MEU SER
CONSOLADOR DOS AFLITOS
LIBERTAS DA DOR E DO PRAZER

OM SAI AMOROSO SENHOR
ÉS PARA MIM PAI E MÃE
MESTRE DEUS E O SOM PRIMORDIAL
ENVOLVENDO TODO UNIVERSO
QUANDO NADA EXISTIA

OM SAI, AMOROSO SENHOR
TUA GRANDEZA ME FAZ
CONSCIENTE DA MINHA ETERNIDADE
TE ENTREGO TODOS OS MEUS ERROS
TE ENTREGO TODOS OS MEUS MEDOS
TUDO O QUE ME PRENDE A ESTE MUNDO
PARA QUE  SE QUEIME AO SEUS PÉS

MINHA VIDA SE TRANSFORMARÁ
TODA ELA SE PURIFICARÀ
NADA RESTARÁ DE DESEJOS
NADA RESTARÀ DE APEGOS
SÓ PERFUME FICARÀ

OM SAI, PODEROSO AVATAR !
SHANTI, SHANTI, SHANTI !

*************************

SÓ HÁ UMA CASTA, A CASTA DA HUMANIDADE
SÓ HÁ UMA LINGUAGEM. A LINGUAGEM DO CORAÇÃO
SÓ HÁ UMA RELIGIÃO. A RELIGIÃO DO AMOR
SÓ HÁ UM DEUS … E ELE É ONIPRESENTE

 

Share Button

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *