Festival Dvali, o Festival das Luzes (da lua nova de outubro a lua nova de novembro)

LaxmiLAKSHIMI, A DEUSA DA FORTUNA E DA PROSPERIDADE

Por Heloisa Lassalvia

Dusehra é uma festa hinduísta baseada no livro mitológico RAMAYANA, na qual se celebra a vitória de RAMA sobre Ravana que havia sequestrado a sua bela mulher SITA. Nesta celebração são apresentadas peças teatrais que contam a história da origem de VISHNU e sua consorte LAKSHIMI. (Deidades Hinduístas). Rama e Krishna são encarnações de VISHNU e Radha e Sita, suas respectivas esposas, são encarnações da Deusa LAKSHIMI. Continuar a ler

Share Button

Dia do Avatar Sathya Sai Baba — 23 de Novembro

RITUAL PARA CAUSAS IMPOSSÍVEIS NAS BENÇÃOS DE SATHYA SAI BABA

DOMINGO — Dia 23/nov/2014 —  9h
com Marina Giglio,  na PAX (1 kg alimento)

com distribuição gratuita de VIBUTI (cinza sagrada materializada por Sathya Sai Baba para Autocura  que trouxemos da Índia). Gratuito. Vídeo da materialização do VIBUTI:

A foto a seguir mostra o local onde está o corpo de Sathya Sai Baba, que desencarnou em 2011, mas o Vibuthi continua vertendo em Seu Ashram.

Om-Bhagawan-Sri-Sathya-Sai-BabaOm Bhagawan Sri Sathya Sai Baba

O grupo da PAX esteve na Índia em outubro de 2014 e trouxe o vibuthi a ser distribuído neste domingo no Ritual da PAX. Continuar a ler

Share Button

Sábado, 4/10 – Dia de São Francisco de Assis – Mestre Kuthumi

sao-franciscoUma das encarnações de Mestre Kuthumi  foi Francesco Bernardone (1182-1226), filho de um mercador de tecidos muito rico, QUE herdou a finura de espírito do pai e o romantismo da mãe. Teve uma juventude agitada e brilhante: participava dos torneios esportivos em Assis e sempre se destacava. Por volta dos 20 anos, passou a interessar-se pela religião. Foi preso (foi o primeiro a questionar o capitalismo), ficou doente, e foi nessa ocasião que começou a a ter visões. Ao sair da prisão, doou todos os seus bens e começou a esmolar (certa ocasião um leproso lhe pediu uma caridade e Francesco sentiu repugnância, mas, vencendo o próprio sentimento, ofereceu a sua esmola e ainda beijou-lhe a mão).

Envergonhado o Pai, foi aconselhar-se com o Bispo, que sugeriu exigir de volta todo o dinheiro que o filho havia dado aos pobres. Feito isso, e não tendo mais nada, ele tirou a roupa do corpo, dizendo que era apenas o que possuía e que, dali em diante, não mais diria pai Bernardone e sim Pai Nosso que está no céu.

Alguns amigos o acompanharam nesse novo modo de vida, que foi o começo da Primeira Ordem Franciscana. Dois anos depois, uma jovem de nome Clara, junto com algumas amigas, também se uniram a ele, quando foi fundada a Segunda Ordem Franciscana ou Ordem das Clarissas. Tempos depois, esse grupo possuía mais de 5 mil frades e também a Terceira Ordem Franciscana.

Jamais alguém se irmanou mais do que Francisco de Assis com o Sol, a Lua, as Estrelas,  as flores, os animais e pássaros, com os quais conversava. Foi dele a ideia de comemorar o Natal em torno do presépio. Continuar a ler

Share Button

2 DE OUTUBRO – O DIA DO ANJO DA GUARDA

anjoTodo ser humano possui um Anjo da Guarda individual. Esse Anjo é seu companheiro inseparável e o “serviço prestado” por ele é espontâneo. Entretanto, muitas vezes o guardião espera, inutilmente, a oportunidade de auxiliar o seu protegido. Mesmo que o Anjo tenha de aguardar uma ocasião apropriada para intervir, jamais sente desânimo ou tem má vontade. Pacientemente acompanha o seu protegido a outras esferas, onde Ele permanece entre as encarnações.

Após a chamada “morte”, é permitido a anjo frequentar, de vez em quando, um Templo de Luz, previamente escolhido, a fim de recuperar-se. Durante esse período, outro representante angélico assume a guarda da alma; contudo, nas encarnações seguintes cabe ao mesmo anjo zelar novamente pela emanação de vida a quem se propôs servir. Assim, séculos após séculos, encarnações após encarnações,, sempre o mesmo anjo acompanha a criatura. Continuar a ler

Share Button

Festival da Boa Vontate – Lua cheia de Gêmeos

O Príncipe Sidartha Gautama, após abandonar o conforto que lhe cercava dentro do Palácio de seu pai, o qual tinha esperanças que seu filho jamais conhecesse as mazelas dos sofrimentos, doenças e morte, após sete anos de  muita busca da compreensão da vida, com árdua disciplina e sentado em profunda meditação sob a famosa e formosa Árvore de Bodhi, a Árvore da Iluminação, obteve repentinamente o esclarecimento final e definitivo de todas as suas buscas e dúvidas do ato do completo despertar, que fez dele o Buda, o Desperto, o Iluminado. Jamais poderia Sidharta, nesse momento, compreender o Plano Divino traçado e que sendo Ele o primeiro Ser a iluminar-se estaria libertando Mestre Sanat Kumara da promessa  em permanecer na Terra até que este fato fosse cumprido e assim poder retornar a Vênus.

Após esse grande despertar, Gautama dirigiu-se ao Parque dos Cervos em Sarnat aos redores de Benares na Índia, a fim de pregar sua doutrina aos seus cinco antigos colegas eremitas, expressando-a através das famosas 4 Verdades Nobres que são: Continuar a ler

Share Button